Cursos de graduação em Tradução no Brasil

Antes de mais nada, parabéns por seu interesse em buscar capacitação profissional como tradutor(a)! O mercado de tradução é extremamente competitivo e a experiência tem demonstrado que quem não tem um mínimo de formação/capacitação formal na área encontra muito mais dificuldade de acesso a clientes lucrativos e projetos interessantes, sem contar que a falta de treinamento formal impede que o profissional ingresse no mercado já tendo o preparo técnico necessário para exercer uma profissão tão complexa e importante como a de tradutor.

Cursos de graduação em Tradução no Brasil

A lista abaixo nasceu em 2008, no meu antigo blog Fidus Interpres, e foi ampliada e editada com o passar do tempo. Ela contém apenas cursos de graduação em Tradução oferecidos por instituições de ensino superior no Brasil. O critério de admissão na lista é que o curso seja especificamente de Tradução ou com habilitação em tradução. Assim, cursos de “Letras com Inglês” (e afins) que não oferecem habilitação em tradução e cursos de pós-graduação NÃO contam para efeito desta lista (mas você pode encontrar uma lista de cursos de pós-graduação em outro post do blog).

A lista está organizada por estado. Clique no nome da instituição para acessar a página do respectivo curso. Se não houver link é porque o site do curso não existia ou estava fora do ar no momento de atualização deste artigo:

Atenção:
Esta NÃO é uma lista dos melhores cursos de tradução, nem dos cursos de tradução mais conceituados. É simplesmente uma lista de cursos de graduação em tradução. Não adianta me perguntar se um curso X é conceituado ou não ou se é o melhor, pois essa informação é muito relativa e subjetiva. Seria um grande erro você tomar uma decisão tão importante para a sua vida com base em informações relativas e subjetivas. Em vez disso, escolha seu curso com base no currículo oferecido, no corpo docente, em aspectos geográficos e financeiros ou outros aspectos mais relevantes para você especificamente. Clique nos nomes das instituições abaixo para acessar o site do respectivo curso e avaliar por sua própria conta.

Distrito Federal

Minas Gerais

Pará

  • FIBRA (Faculdade Integrada Brasil Amazônia)

Paraíba

  • UFPB (Universidade Federal da Paraíba)

Paraná

Rio de Janeiro

Rio Grande do Sul

São Paulo

(lista atualizada em 18/11/2013)

A lista não tem a pretensão de ser completa. A ideia é atualizá-la com a ajuda dos leitores – portanto, fique à vontade para solicitar inclusão ou retirada de cursos e atualizar links.

Este artigo recebeu 74 comentários

  1. Paula Oliveira 25/08/2013 at 19:13 - Reply

    Olá!

    Há algum curso conceituado de tradução em Salvador, Bahia?

    • Fabio Said 25/08/2013 at 19:16 - Reply

      Paula, a UFBA tem um núcleo de tradução no Instituto de Letras, mas mais voltado para Estudos da Tradução. Até onde eu saiba não há habilitação em tradução entre os cursos do Instituto.

  2. carla viviane 29/08/2013 at 14:54 - Reply

    Ola,bom dia!!!Gostaria de uma indicaçao de algum curso de tradutor e interprete,que seja bem conceituado.Pois moro em Sergipe,e aqui nao existe nenhum,e gostaria muito de fazer,atè mesmo como uma pos-graduacao.Se tiver a distancia melhor.Obrigada!!!

  3. Lieslie Fernanda 11/09/2013 at 21:31 - Reply

    Oi, Fábio
    Li atentamente seus escritos e gostaria de saber sua opinião a respeito do curso de especialização em tradução oferecido pela Gama Filho/RJ (modalidade EAD).
    Espero não ser inconveniente com este contato… Tenho interesse neste campo e gostaria de contar com a orientação de alguém mais experiente na área antes de investir numa capacitação.
    Agradeço desde já

    • Fabio Said 13/09/2013 at 16:09 - Reply

      Lieslie, não sei lhe dizer especificamente se o curso é bom ou não porque não estudei lá. Só sei que o curso existe já há alguns anos e, portanto, não deve ser difícil localizar ex-alunos. Outra coisa que posso lhe dizer com absoluta certeza é que o sucesso do curso depende muito mais da garra e talento do aluno do que da qualidade do ensino, sobretudo no caso do ensino à distância. Quando o aluno é talentoso e tem energia para estudar de verdade, até o curso mais medíocre resolve. Além disso, pense na formação de tradutor como algo que se faz a vida toda e não apenas durante 1-2 anos, pois dificilmente um curso de formação ensina tudo que se precisa saber para ser um excelente profissional da tradução.

      Não tenha medo, mergulhe nos estudos e se esforce para ser uma tradutora de primeira categoria! Boa sorte!

  4. Caroline Alberoni 17/09/2013 at 13:55 - Reply

    Olá!
    Primeiramente, gostaria de parabenizar você, Fabio, pela iniciativa da publicação. Eu mesma acreditava que só havia três universidades públicas no país que oferecessem o curso. Legal!
    Eu me formei na UNESP (São José do Rio Preto-SP) em Bacharelado em Letras com Habilitação em Tradução. Embora o curso não deixe de ser Letras, a grade curricular é totalmente voltada para a Tradução, com aulas teóricas e práticas. É possível escolher dois idiomas (inglês ou francês como o principal; italiano ou espanhol como o secundário). Período integral.
    Recomendo.
    Não deixem de fazer um curso se trabalham ou pretendem trabalhar na área. Embora não seja essencial, com ele, temos uma visão bem mais ampla. Fiz, inclusive, mestrado na Inglaterra, e não me arrependo!
    Espero que ajude.
    Até mais!

  5. Welliton Brandão 29/09/2013 at 17:27 - Reply

    Olá Fábio, como vai? , eu gostaria aqui de lhe fazer algumas perguntas não querendo incomodalo muito,mas já incomodando com algumas perguntas:

    1° Existe um certo preconceito social em relação a instituições particulares de ensino superior (e até mesmo para com as públicas não federais) , este preconceito também ainda persiste no que diz respeito aos cursos de Tradução e o que o senhor poderia me responder sinceramente a cerca disso.

    2° o que senhor acha de fazer uma licenciatura em Letras – “alguma língua estrangeira” e depois aproveitar em um bacharelado ou é melhor ir direto para um bacharelado?

    3° A pergunta anterior eu fiz pois é difícil encontrar um bacharelado em tradução aqui no meu estdao(Ceará) o senhor teria alguma indicação para quem mora aqui a cerca de faculdade,curso?

    • Fabio Said 01/10/2013 at 09:14 - Reply

      Wellinton, obrigado por visitar o Guia do Tradutor!

      Essa sua preocupação com o “preconceito contra instituições” só vai esgotar a sua energia e tirar a sua concentração. Na minha opinião, você deve estudar e dar o melhor de si conforme as suas possibilidades financeiras, independente do “prestígio” da instituição. Afinal, nem todo mundo pode estudar em Harvard, mas nem todos os profissionais bem-sucedidos saíram de Harvard!

      Licenciatura em Letras, na minha opinião, é perda de tempo. Na Licenciatura você se prepara para dar aulas e tende a se enturmar com gente que não tem nada a ver com tradução. Se seu objetivo é traduzir e aprender a traduzir e você só pode fazer Letras, faça pelo menos um bacharelado, que tem o potencial de lhe abrir outros campos de visão em termos de linguística aplicada. Por outro lado, tem muito tradutor que fez apenas Licenciatura e conseguiu se profissionalizar.

      Se você não tem como estudar tradução no seu estado e não pode viajar, por que não estudar outra área (por exemplo, a área em que você pretende se especializar como tradutor: direito, economia, arquitetura etc.) e depois tentar uma pós-graduação ou curso livre de formação de tradutores em outro estado? A vantagem é que você terá a segurança de ter uma profissão que te sustente enquanto você fizer a pós ou o curso de tradutor.

      Não indico, nem recomendo cursos. Tenho amigos e conhecidos em vários cursos de graduação, pós-graduação e cursos livres de tradução pelo Brasil afora e se eu fosse indicar algum correria o risco de ficar sem amigos. :-) Além disso, não conheço o currículo nem todos os professores de todos os cursos.

      Boa sorte nos seus estudos e sucesso na sua carreira de tradutor!

  6. Felipe Benazzi Arteiro 01/10/2013 at 01:15 - Reply

    Olá, gostaria de sua ajuda para saber quais dessas faculdades do estado de SP realizam o curso on-line (a distância), pois moro parte do ano na Italia e parte do ano no Brasil, então não poderia estudar em uma faculdade presencial.
    O Sr, poderia me dar uma força com isso? Saberia me informar quais dessas tem o curso on-line? E delas, qual voce sugere, em relação a qualidade?

    Muito Obrigado!!!

  7. Fabio Said 01/10/2013 at 12:35 - Reply

    Pessoal, a edição mais recente da revista Tradução em Revista contém um interessante estudo de Marileide Esqueda e Karoline de Oliveira intitulado “Crenças e concepções do tradutor em formação”. Link aqui para baixar:
    http: // seer.bce.unb.br/ index.php/ horizontesla/ article/ download/ 2951/2 564

  8. Carol 03/10/2013 at 03:37 - Reply

    Olá, Fábio! Tudo bem? Sou recém formada em Letras e me interesso muito por tradução, minha monografia foi até sobre esse tema… Pesquisando na internet um pouco mais sobre pós-graduação nessa área acabei caindo aqui! Gostei muito das suas dicas e considerações, mas não pude deixar de me perguntar: já que você disse que só graduação em tradução vale, nem apenas Letras ou pós-graduação, queria saber se mestrado em tradução conta. Obrigada!

    • Fabio Said 03/10/2013 at 11:10 - Reply

      Oi Carol, para inclusão na lista acima eu tive de fazer a restrição de não aceitar cursos de Letras porque o foco é valorizar a profissionalização como tradutor e não a formação geral em Linguística tendo a tradução como aspecto secundário, como é o caso dos cursos de Letras. Além disso, muitos cursos de Letras enfatizam mais os Estudos de Tradução em vez de competências propriamente tradutórias (aliás, é até bom que seja assim, pois os cursos de tradução também precisam de professores com formação em Estudos de Tradução, né?). Espero que você não tenha entendido mal quando eu disse que Letras “não conta”: não conta apenas para efeito de inclusão na lista acima, mas, para um tradutor, claro que conta em muitos outros sentidos.

      E a exclusão de cursos de pós-graduação é porque eu tinha o objetivo de publicar outra lista de cursos aqui no blog somente com instituições que oferecem pós-graduação em Tradução. Isso eu já fiz um mês depois da publicação do artigo acima – clique aqui para acessar a lista de cursos de pós-graduação em Tradução (Mestrado ou Especialização).

  9. Luiza 04/10/2013 at 00:32 - Reply

    Olá Fábio, gostaria de saber se a universidade São Judas oferece um bom curso de Tradução.

  10. Elizabeth 09/10/2013 at 21:32 - Reply

    Olá Sr. Fabio. Preciso de uma informação…. Pretendo fazer um curso on-line de tradutor de italiano, pois tenho o CELI 5. Já. dou aula de italiano,mas gostaria de especializar-me. O Sr co nhece alguma coisa no gênero? Espero sua resposta e agradeço a informação.

  11. Amanda Arêa Leão 12/10/2013 at 09:08 - Reply

    Fábio, obrigada pela manutenção dessa lista! Gostaria de informar que a UNIP de Campinas também oferece bacharelado em tradução. Fábio, você sabe se alguma instituição particular oferece esse curso na cidade de São Carlos, pois já pesquisei na USP de São Carlos e UFSCAR, mas não encontrei nada.

    • Fabio Said 15/10/2013 at 08:51 - Reply

      Amanda, a UNIP já está na lista. :-) Infelizmente não conheço cursos em São Carlos.

  12. Pedro Serra 14/10/2013 at 22:30 - Reply

    Olá Fábio.

    Falo fluentemente francês (inclusive trabalho como professor de francês atualmente) mas não tenho formação em tradução ou letras. Tenho dois diplomas franceses de ensino superior (em ciências humanas) e gostaria de trabalhar com tradução simultânea. Em sua opnião eu deveria fazer um curso na área? Existe algum curso rápido que me ajudaria a conseguir emprego na área?
    Obrigado.

    • Fabio Said 15/10/2013 at 08:58 - Reply

      Pedro, quando você adquirir o meu livro Guia do tradutor: melhores práticas, que será lançado semana que vem, você vai ver que a capacitação profissional é uma das características muito claras observadas em tradutores bem-sucedidos. O tradutor que não investiu em capacitação profissional tende a não levar a tradução a sério e, por isso, tende a se sustentar com outra profissão (professor de línguas é uma dessas profissões) e esse tipo de de tradutor é o primeiro a abandonar a a atividade de tradução assim que surgirem os primeiros desafios. É esse tipo de gente que você vê na internet reclamando que “a vida está dura”, “o mercado está saturado”, “a coisa está difícil”. Você prefere fazer companhia a esse tipo de gente ou prefere estar ao lado dos profissionais que investiram (e continuam investindo sempre) em capacitação profissional em tradução?

      Além disso, saber falar um idioma estrangeiro é uma coisa. Saber traduzir é outra coisa bem diferente. Como você vai saber se tem talento para traduzir se não testar esses conhecimentos em um curso formal?

  13. Gabriela 15/10/2013 at 15:38 - Reply

    Olá Said, Eu moro há 4 anos na Alemanha, e tenho um nível de alemao bem avancado, fiz muitos cursos de alemao e no Brasil sou formada em Letras. Li o seu livro, que achei muito útil e prático. Gostaria de fazer traducoes e ando em busca de melhores informacoes e qualificacaoes sobre a profissao de tradutor. Andei vendo em algumas Universidades à distancia (Fernuni), mas os precos das mensalidades sao altos. Teria alguma outra possibilidade de aprender mais sobre técnicas de traducoes sem frenquentar um curso? ou algum livro que explicasse bem o processo da traducao do alemao para o portugues. Muito obrigada e muito mais sucesso pra voce.

  14. Pedro Serra 15/10/2013 at 15:42 - Reply

    Entendo perfeitamente Fábio, muito obrigado pela resposta.

    Eu devia ter mencionado que já fiz alguns trabalhos de tradução e intérprete. Certamente saber falar uma língua não é poder traduzí-la, disso não tenho dúvida alguma.
    Mas por ter uma vivência de 10 anos em Paris e ter alguma experiência já com traduções, me pergunto que tipo de formação me ajudaria a alcançar trabalhos de tradução simultânea, sem ser uma formação que seria redundante para mim. Acredito que encontrarei a resposta no link que você enviou.
    Merci!

  15. Pedro Serra 15/10/2013 at 16:15 - Reply

    Como poderei adquirir o seu livro??

  16. Elizabeth 21/10/2013 at 20:30 - Reply

    Vc não Vai responder minha pergunta?

  17. Renata 23/10/2013 at 17:42 - Reply

    Moro em Taubaté e tenho muito interesse em fazer este curso, porém a faculdade mais próxima é em São Paulo.
    Existe algum curso aos sábados?
    obrigada

  18. João Souza 09/11/2013 at 01:35 - Reply

    Os cursos da Unip e Unilago são conceituados?

  19. Rute Mila 15/11/2013 at 22:01 - Reply

    Tenho 15 anos!! e estou muito interessada na area.. Tenho uma pergunta,, é importante que eu começe a fazer cursos de idiomas agora?? eu já tenho o de espanhol concluido.

    • Fabio Said 16/11/2013 at 10:02 - Reply

      Oi Rute, 15 anos é uma idade ótima. Comece agora mesmo, enquanto você tem seus pais para te sustentar! Depois, na época da faculdade ou no início da casa dos 20 anos, você vai ter muitos outros interesses que vão tomar muito mais do seu tempo e de sua energia. Eu comecei a aprender inglês pra valer aos 14 anos. Três anos depois comecei a aprender alemão e a diferença (em termos de tempo e energia para enfrentar a rotina de estudos) já eram bastante perceptíveis, porque uma pessoa de 17 anos não tem os mesmos interesses que uma pessoa de 14 anos.

      Portanto: vai fundo, aprenda tudo que você puder aprender agora mesmo, antes de entrar na faculdade. Na faculdade, você com certeza estará anos-luz à frente de seus colegas e poderá se concentrar mais no aprendizado de tradução e não no aprendizado de idiomas! Porque, você sabe, saber falar idiomas é uma coisa, saber traduzir são “outros quinhentos”. :-)

      Boa sorte em seus estudos!

      • Cíntia 27/08/2014 at 09:43 - Reply

        Oi, terminei o segundo grau e pretendo fazer a Graduação em algo relacionado a inglês, porém não tenho cursos e nem o básico de inglês (somente o que se aprende na escola), quero sair fluente da graduação, que curso na faculdade me indicaria fazer? Esse de Tradutor e Interprete seria viável ou não?

  20. Rodrigo 18/11/2013 at 00:48 - Reply

    Olá, Fábio.
    Vou prestar os vestibulares da USP, Mackenzie e PUC-SP para o curso de Letras. Destes, a PUC é o único específico em Tradução, mas ele não consta na sua lista. O curso é muito recente ou pouco conceituado?
    Obrigado.

    • Fabio Said 18/11/2013 at 09:11 - Reply

      Oi Rodrigo, realmente o curso é novo (a opção “Bacharelado em Tradução: Inglês/Português só existe desde 2012″). De qualquer forma, já incluí esse curso na lista acima. Obrigado por me avisar sobre o curso!

      Atenção:
      Por favor, não interprete a lista acima como uma lista dos melhores cursos de Tradução, mas sim como lista dos cursos de Tradução – sem “melhores”, sem “mais conceituados”, mas apenas “cursos”. Como toda lista, esta é uma lista incompleta por natureza, pois sempre estão sendo criados novos cursos de graduação em Tradução no Brasil (que bom!). Para atualizar a lista, é importantíssima a participação de leitores. Não pensem que determinado curso não é bom só porque ele não está nesta lista!

  21. Angélica Roenick 20/11/2013 at 10:53 - Reply

    Olá, Fábio. Eu sou formada em direito com especialização em educação e sou professora de italiano há mais de 20 anos. Há alguns anos faço traduções simultâneas e consecutivas e trabalho como intérprete de conferências. Mas não tenho nenhum estudo formal nesse campo. Gostaria de saber se existem cursos de extensão ou de pós graduação em tradução e interpretação EM ITALIANO, porque só encontro em inglês.
    muito obrigada.

  22. Cintia Silva 22/11/2013 at 04:45 - Reply

    Sou médica e faço parte de uma congregação religiosa de origem canadense (Montreal).
    Estudei francês na Aliança Francesa em minha cidade (São Luís do Maranhão) e, atualmente, estou em Montreal para passar 1 ano.
    Fazer uma graduação em tradução sempre foi um sonho, mas agora estou pensando muito mais.
    Penso em francês-português. Onde posso estudar?

  23. Heloísa 12/12/2013 at 22:51 - Reply

    Muito obrigada, me ajudou bastante!

  24. Letícia 16/12/2013 at 04:18 - Reply

    Olá Fábio! Dos cursos de graduação que você sabe algo sobre, qual você considera o melhor dos listados? E uma situação, eu atualmente curso Letras – Tradução e Interpretação na Unimep, o curso na minha opinião é muito bom, mas meu desejo foi cursá-lo na Unesp, por ser universidade pública e consequentemente mais conceituada. Você acha desnecessário que após concluir na Unimep, que é uma particular, eu quisesse fazer o mesmo curso, mas na Unesp?

  25. raphael roman 29/12/2013 at 19:27 - Reply

    Olá, Fábio!
    Tenho profundo interesse em iniciar uma graduação em tradução, mas não tenho domínio no idioma (espanhol) e, por este motivo, estou receoso. Iniciando um curso paralelo do idioma juntamente com a graduação em tradução, você acha que eu teria um bom aproveitamento na faculdade ou devo focar primeiro na fluência da língua? Obrigado.

    • Fabio Said 30/12/2013 at 10:09 - Reply

      Raphael, em primeiro lugar parabéns pela decisão de estudar tradução. Nesse sentido, você está no caminho certo.

      Mas na minha opinião você deve investir primeiro em dominar o idioma escolhido e só depois pensar em estudar tradução. A lógica é a seguinte: traduzir é um ato racional, que envolve uma avaliação consciente dos recursos disponíveis em cada língua e das possibilidades de estabelecimento de pontes entre uma língua e outra, enquanto a fluência em uma língua envolve muito mais aspectos espontâneos e tem a ver com associações mentais não conscientes.

      Quem “pensa demais” ao estudar uma língua, traduzindo mentalmente, acaba deixando a língua materna influenciar o aprendizado da nova língua.

      Além disso, quem começa a traduzir sem se apropriar do idioma primeiro fatalmente se verá diante de problemas de entendimento, que é a pior coisa que pode acontecer com um tradutor. Tradutor que não entende o texto não consegue traduzir bem. Claro que nenhum tradutor domina absolutamente tudo do idioma que traduz – aliás, nenhum falante nativo de língua alguma domina tudo sobre esse língua e sempre precisa aprender novas formas de expressão e estilo, novo vocabulário etc. -, mas hoje em dia existem parâmetros objetivos para se determinar se um estudante de uma língua atingiu o ponto ideal de domínio da língua. É por isso que é importante obter certificados de proficiência de línguas (em espanhol, por exemplo, tem o DELE – Diploma de Español como Lengua Extranjera).

      Por fim, tem também um outro aspecto: na faculdade de tradução suas atividades e interesses são bastante concentrados em determinadas áreas. A faculdade toma muito tempo e energia do estudante. Raramente um estudante tem disposição para fazer qualquer atividade mais intensiva simultaneamente aos estudos na faculdade. E o estudo de uma língua é uma atividade extremamente intensiva. Fazer essas duas coisas ao mesmo tempo – estudar tradução e frequentar um curso de espanhol – exigirá uma disciplina que raramente se tem. Pense bem nisso. Boa sorte e sucesso pra você!

  26. Lorildes 31/12/2013 at 00:56 - Reply

    Olá, Fábio!
    Primeiramente parabéns pelo blog! Bom eu morei 4 anos na Alemanha e aprendi bem o alemão e já faça pequenas traduções de textos religiosos, pois pertenço uma congregação religiosa e atualmente estudo Direito, mas gostaria muito de investir mais na tradução. Moro em São Luís- MA e aqui não tem como eu dar continuidade. Você pode me dar uma sugestão como continuar a investir na tradução? Desde já sou lhe muito grata.
    Boa sorte e felicidades pra você !

    • Fabio Said 31/12/2013 at 10:52 - Reply

      Lorildes, parabéns pela decisão de investir em tradução. Se você reparar bem, os tradutores que ficam choramingando que o “mercado tá difícil”, “a concorrência é desleal” etc. são aqueles que não investem pra valer em tradução. Quem investe e se dedica não tem do que reclamar.

      O primeiro investimento que eu posso lhe recomendar neste momento é um investimento que pode lhe abrir mil outras oportunidades: saiba mais clicando aqui.

  27. Christiane 01/01/2014 at 22:56 - Reply

    Olá Fabio.
    Sou formada em inglês pela Escola de Idiomas Fisk, de Xanxerê-SC.Durante 1 ano e meio trabalhei nesta escola como monitora e em 2013 como professora de diversas idades e níveis. Em 2014 estarei me mudando para Florianópolis ou Porto Alegre para cursar Serviço Social e gostaria de continuar sendo tradutora freelancer como forma de obter renda extra.Gostaria de saber se você conhece algum bom curso de tradução, seja ele gratuito ou particular, presencial ou online, que não seja uma Graduação e que possa ser feito por alguém que possui apenas Ensino Médio Completo? E ainda, você acha que é possível conciliar um trabalho de meio período, seja ele numa outra escola de idiomas ou em qualquer outro lugar e fazer traduções nas horas livres?
    Muito Obrigada!

  28. Milena Peralta 08/01/2014 at 20:17 - Reply

    Oi Fabio tudo bem?
    Moro no Chile e sou formada em turismo. E atualmente trabalho na mina área. Gostaria sim de estudar para tradutora espanhol – portugués e gostaria de saber se vc conhece um bom curso de traducao online no Brasil?
    Muito obrigada
    Milena

  29. Gislanea Rocha 20/01/2014 at 16:34 - Reply

    Olá Fabio! Bom, eu quero fazer tradução e interpretação de inglês, só que eu moro em Fortaleza e para isso precisaria morar com parentes no Rio de Janeiro, pois aqui não existe faculdade especializada nessa área.
    Gostaria de saber se vale a pena eu sair daqui e ir para o Rio fazer esse curso no PUC-RIO. Essa faculdade é boa? no Rio tem muitas oportunidades de emprego nesta área?
    E também no site do PUC-RIO eu vi que só havia o curso de LETRAS, é a mesma coisa?
    Por favor tire minha duvidas, vou ser eternamente agradecida, obrigada.

    • Fabio Said 21/01/2014 at 08:15 - Reply

      Oi Gislanea, seja qual for o curso de tradução que você acabar escolhendo, você estará no caminho certo e muito à frente de milhares de outras pessoas que ingressam no mercado de tradução sem se profissionalizar primeiro.

      O curso da PUC-Rio é “LETRAS – TRADUÇÃO”, ou seja, o curso não se limita à área da teoria linguística e se aprofunda mais na linguística aplicada para habilitar o aluno em tradução. Mas o melhor a fazer é dar uma olhada no currículo e conversar com quem já fez o curso.

      Não sei nada quanto a sua situação financeira, mas eu se fosse você juntaria todo os trocados para estudar tradução em outro estado, sim. Não por causa das oportunidades de emprego, mas sim porque o acesso à informação e a conhecimentos especializados nessa área é mais fácil no Rio ou em São Paulo do que no Nordeste, infelizmente.

      Quanto às oportunidades de emprego, por favor, esqueça esse negócio de encontrar emprego de tradutora e se prepare para uma carreira de tradutora independente, empresária, sem chefe. A maioria de nós, tradutores, somos assim e apenas uma pequena minoria consegue emprego de tradutor, geralmente não tão bem pago.

      Resumindo: para estudar, mude-se sim para o Rio; para trabalhar, não importa o local. Você pode voltar para o Ceará e trabalhar daí para clientes em qualquer lugar do mundo, pela internet (digo isso por experiência própria, pois eu morei 15 anos em Salvador e de lá eu trabalhava para clientes na Europa).

      Desejo-lhe muito boa sorte e sucesso na sua carreira de tradutora!

  30. Monaliza Lafon Silva 21/01/2014 at 00:54 - Reply

    Ola,
    Estou procurando um curso de tradutor Frances-Português em Florianópolis.
    obrigada

  31. Amanda 02/02/2014 at 06:08 - Reply

    Oi, Fábio. Meu noivo fará mestrado/doutorado em São Carlos, interior de SP, e estou indo com ele. Queria muito estudar Letras Tradução mas pelo que podemos pesquisar por lá não tem, por isso estou quase decidida em cursar Licenciatura mesmo. Mas você acha que um graduado em letras licenciatura está apto para traduzir? Você conhece outras faculdades dessa região (Araraquara, Rio Claro…)? Muito feliz se puder ajudar =)

  32. Nuno 04/02/2014 at 00:55 - Reply

    Oi Fábio,

    Sou estudante de mestrado em Tradução na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e tenho um curso superior também em Tradução, pela mesma instituição.

    Gostava de saber que formas existem de validar o diploma e o mestrado, como é o mercado de tradução aí pelo Brasil, etc.

    Será que me poderias dar algumas dicas?
    O meu objectivo era ir morar em Fortaleza (CE), onde já vivi durante um ano e meio.

    Desde já o meu muito obrigado,
    Nuno

  33. seulki lee 05/02/2014 at 03:56 - Reply

    Ola Fábio. Sou sul coreana que estuda português na Coreia. Mesmo fazendo pouco tempo que eu comecei a estudar português, eu tenho um profundo interesse em fazer meu mestrado (e doutorado também) em tradução e interpretação de português-inglês para poder dar aula na universidade onde eu tô fazendo curso de português agora. só que aqui só existe até curso de mestrado em língua portuguesa. (por outro lado existe curso de tradução e interpretação em espanhol-coreano até curso de doutorado)
    aqui estão as perguntas a respeito da minha situação.

    1. não tenho absoluta certeza mas ouvi que não tem vaga reservada para os alunos estrangeiros pois fica ainda mais difícil para eu poder ingressar no curso. você sabe se algumas universidades oferecem as vagas reservada ou seja a prova especial para os estrangeiros?

    2. Na Coreia tem um curso muito famoso (acho que é um dos maiores do mundo) de tradução e interpretação das várias línguas incluindo a de espanhol. você acha que é uma boa opção de fazer mestrado em tradução e interpretação em espanhol-coreano aqui na coreia que coreano é a minha língua nativa e ir depois pra estudar tradução e interpretação de espanhol e português no Brasil quando eu tiver mais habilitação de um dos línguas usadas em tradução? (é que se eu for pro Brasil para cursar a tradução em português-inglês ou português-espanhol, nenhuma das línguas são minhas línguas nativas..)

    Como eu fiquei somente 5 meses no Brasil , ainda fica meio engraçado o português :( vou agradecer muito se vc puder me ajudar com isso.
    vou agradecer muito se vc possa me ajudar com isso.

    • Fabio Said 12/02/2014 at 00:17 - Reply

      Oi Seulki, infelizmente não sei nada sobre reservas de vagas para estrangeiros em faculdades do Brasil. Quanto a fazer curso de tradução com idiomas dos quais você não é nativa, eu conheço alguns colegas que fizeram exatamente isso, aqui na Alemanha, e eles se deram bem. Eu, pessoalmente, não faria isso, pois eu ficaria em posição inferior em relação a colegas de curso que são nativos de uma das duas línguas e, portanto, tendem a ter desempenho melhor do que o meu por terem maior desenvoltura de expressão linguística. Mas no seu caso isso pode ser uma boa ideia, devido à escassez de oferta de cursos de coreano e de português! Você já escreve bem em português, disso não há dúvida. Que tal primeiro passar um tempo maior no Brasil para aprender o idioma e depois começar um curso de tradução?

      Por outro lado, a ideia de estudar espanhol-coreano não é tão ruim, pois espanhol é muito parecido com o português (você aprenderia essa língua bem rápido devido às estruturas gramaticais semelhantes entre português e espanhol). Como tradutora, e você teria mais chances de trabalho com espanhol do que com português. Boa sorte no seu futuro mestrado e doutorado!

  34. tamara marisela 11/03/2014 at 21:44 - Reply

    Hola fabio, sou venezuelana, moro a 22 anos no brasil, domino bem o Espanhol e o português, aprendo o italiano e o inglês faço faculdade de letras português\literatura como você vê amo idiomas!! gostaria muito fazer algum curso de tradução pois já faço isso, de maneira informal, como faço pra ser por exemplo uma tradutora juramentada? que é necessário? tenho que fazer um curso específico? dou aulas de espanhol numa escola de idiomas mas não me da o direito de por exemplo dar aulas na rede pública, que devo fazer me oriente por favor!!, queria ter feito letras junto a outro idioma mas na minha cidade não tem que devo fazer?

  35. tamara marisela 13/03/2014 at 04:09 - Reply

    ok! fabio ! vou comprar seu livro sim.

  36. Martha 26/03/2014 at 16:51 - Reply

    Oi Fabio, queria saber se tem curso de traduçao português-francês no Brasil. Obrigada!

  37. Mel 27/03/2014 at 05:23 - Reply

    Olá Fabio,sou peruana , estudo a carreira de traduçao e interpretação em meu país . Tenho uma trabalho de expocisção na universidade e eu escolhi falar sobre a carreira de tradução e interpretação em brasil. Eu gostaria de saber quantas universidades oferecem a carreira de tradução e interpretação. Por exemplo, aqui em Lima temos 4 univerdades e duas em provincias que têm a carreira de tradução e interpretação;mas também temos educação em idiomas : espanhol-inglês ,espanhol-francês,mas isso somente é pra ensinar nas escolas,institutos ou centro de línguas.

  38. Beatriz 05/04/2014 at 18:38 - Reply

    Olá Fabio,bom,tenho 18 anos e eu amo ingles,quero muito trabalhar como tradutora.Oque tenho que fazer?é necessário faculdade?já terminei meus cursos…

  39. Linda 06/04/2014 at 11:25 - Reply

    Oi Gabriela, e olá todo mundo que se interessar,

    Sou alemå e pretendo me preparar para o exame estadual de tradutores (Staatlich geprüfter Übersetzer) aqui em Berlim. Já que nåo existe curso preparatório para o portugês, gostaria de me preparar fazendo um tipo de intercâmbio de línguas com um nativo/uma nativa da língua portuguesa. Quem se interessar, favor mandar msg para linfuchs@gmail.com.

    Um abraço da Alemanha,

    Linda

  40. Deborah Silva 12/04/2014 at 00:49 - Reply

    Olá Fábio! Sou estudante de Licenciatura Inglês pela UNEB( Estadual da Bahia) e estou no meu 5º semestre. Tenho um interesse muito grande em ser intérprete/ tradutora. Gostaria de saber se existe alguma pós-graduação em Tradução/Interprete. O que você me indicaria? Espero ansiosamente por sua resposta.

  41. Carla 10/06/2014 at 07:39 - Reply

    Olá Fabio,

    Gostaria de saber se existe algum curso de tradução simultânea, ou tradução voltado para área de alemão? Estudo letras alemão e futuramente tenho interesse em ser tradutora deste idioma.

  42. Stephanie Karen 10/06/2014 at 18:28 - Reply

    Olá, Fábio, tenho um conhecimento básico em inglês,faço curso de inglês há um ano aproximadamente e gostaria de trabalhar futuramente como tradutora, encontrei na Uninove um curso de tradução e interprete, porém estou em dúvida se devo cursá-lo ou primeiramente fazer o de letras, será que terei dificuldades em ingressar diretamente no curso de tradução e interprete?

    • Fabio Said 12/06/2014 at 12:34 - Reply

      Stepahnie, recomendo você só começar a estudar tradução depois que terminar o curso de inglês. Se você estudar tradução enquanto estiver estudando inglês, fatalmente seu inglês será “traduzido” mentalmente e seu português vai sempre interferir no modo como você se comunica em inglês e no modo como você interpreta as estruturas do idioma inglês (você tenderá a sempre “pensar” nas estruturas do inglês em vez de mergulhar de vez no universo do idioma, com consequências graves para a sua performance como tradutora). Veja a resposta que dei para o Raphael, acima. Aliás, sabe aqueles erros de tradução grosseiros que se vê em filmes e livros? Muito provavelmente esses erros são feitos por tradutores que não tiveram a devida imersão no idioma inglês antes de se tornarem tradutores. Não cometa esse erro você também! Boa sorte nos seus estudos!

  43. Wilma 25/06/2014 at 00:59 - Reply

    Sou bacharel em Tradutor e Intérprete de Alemão. Gostaria de fazer pós-graduação na área. Aceito sugestões. Preciso de bolsa de estudo.

  44. Fábio Matias 11/07/2014 at 20:39 - Reply

    Olá, Fábio. Tenho pensado seriamente em ingressar em um curso de tradução e interpretação, entretanto, meu nível de inglês é apenas intermediário. Seria sensato procurar uma especialização antes de ingressar no curso?

    • Fabio Said 12/07/2014 at 10:31 - Reply

      Fábio, essa pergunta é tão comum – acho que já a respondi com detalhes pelo menos umas 4 vezes nas seções de comentários deste blog – que eu resolvi fazer um artigo definitivo e sistemático com minha resposta. Para ler o artigo, siga este link.

  45. Andréia 22/07/2014 at 20:52 - Reply

    Olá, Fábio!
    Venho trabalhando na área de legendagem de filmes e textos para dublagem desde 2007. Tenho muito interesse em ingressar na área de tradução de livros. Gostaria de algumas dicas de como fazer para ter uma chance de “entrar para essa panelinha”.

    Grata,

    • Fabio Said 22/07/2014 at 21:50 - Reply

      Andréia, não é fácil entrar na “panelinha” da tradução editorial. Mas, aqui entre nós, você está investindo em marketing direcionado e em networking profissional? Afinal, como eu digo no meu livro Guia do tradutor: melhores práticas, não há sucesso sem investimento. Aliás, a partir da página 135 do meu livro você encontra algumas dicas sobre o mercado de tradução editorial que talvez lhe deem alguma inspiração. Boa sorte!

  46. Ricardo 23/07/2014 at 22:01 - Reply

    Olá Fabio, eu sou peruano, mas gosto muito do português e do seu blog.

    Tenho o CELPE- Brasil e quero aperfeiçoar ainda mais meu português comprando Dicionarios de Regência.

    Gostaría de saber se os Dicionarios de Regimes de Fransisco Fernandes estão conformes ao Novo Acordo Ortográfico.

    Já mandei comprá-los no Brasil,embora estejam dificeis de conseguir.

    Por favor diga-me se estou fazendo uma boa compra.

    Muito obrigado pela atenção.

    Ricardo.

    • Fabio Said 23/07/2014 at 22:50 - Reply

      Ricardo, os dois dicionários de regência verbal e nominal de Francisco Fernandes não estão atualizados com a nova ortografia do português (pelo menos não a edição de 2001 que eu tenho). Mas isso não diminui em nada a qualidade e a utilidade dos dicionários. Mesmo cinco anos depois da entrada em vigor do Acordo Ortográfico, eu continuo usando essas obras quase que diariamente no meu trabalho como tradutor. Não sei para que fins você quer usar os dicionários, mas eu, que tenho de escrever em português todo dia, considero-os imprescindíveis – com ou sem Acordo Ortográfico.

  47. Roberta 28/07/2014 at 18:50 - Reply

    Boa tarde Fabio.
    Sou formada em Letras pela PUC RS desde 1986 – Port Inglês – Bacharelado, mas nunca me interessei pela docência. Trabalho do mercado financeiro há 25 anos, mas agora estou interessada em especialização de tradutor e intérprete.
    Podes me indicar que cursos posso realizar aqui em Porto Alegre? Infelizmente como trabalho, não posso fazer o curso na UFRGS por ser diurno.
    Aguardo seu contato.
    Obrigado.
    Roberta Magalhaes

  48. Cris 11/08/2014 at 13:34 - Reply

    Bom dia Fabio,

    Antes de mais nada, obrigada pelas dicas. Ja moro fora do Brasil ha mais de 15 anos e fiz faculdade de Business com especializacao em Marketing na Nova Zelandia, onde moro ha muitos anos. Ja tentei mas nao finalizei um curso de traducao online que uma amiga recomendou, mas vi que mesmo tendo uma grande fluencia na lingua inglesa, preciso de ter um aprofundamento maior da fonetica linguistica tanto de portugues como ingles. Como moro na NZ preciso de um curso de Letras-Traducao 100 % online. Voce recomendaria algum? FMU, Uninove? Sei que o aprendizado depende mais do aluno do que da faculdade, mas quero ter certeza que a faculdade e bem capacitada.

    • Fabio Said 11/08/2014 at 13:56 - Reply

      Cris, como está escrito no artigo acima, eu não recomendo nenhum curso específico. Mas independente disso acho que você está confundindo alguma coisa aí.

      Para ser tradutor, você não precisa falar fluentemente – você pode até ter uma pronúncia horrível ou ser muda. Como tradutora, você precisa escrever bem no seu idioma materno e saber captar as ideias nas entrelinhas de textos do idioma estrangeiro escolhido. Ou seja: você precisa dominar mesmo não a fonética, mas sim a compreensão/expressão escrita.

      Você diz que seu ponto fraco é a fonética, então eu imagino que você queira ser não tradutora, mas sim intérprete – aí sim, você precisa ter um domínio oral impecável e em igual medida do inglês e do português. E isso é o mínimo! As técnicas de interpretação e o jogo de cintura também são imprescindíveis para o intérprete se dar bem – não basta falar bem inglês. O ramo da interpretação não faz parte do escopo deste blog especializado em tradução escrita, mas de qualquer forma graduação on-line em interpretação me parece uma roubada.

      Você já viu as páginas sobre cursos de pós-graduação e a página sobre cursos livres (não-acadêmicos)?

  49. Jucelaine Rodrigues Viegas 11/08/2014 at 23:36 - Reply

    Ola Fábio. Comprei seu livro ” Fiduss Interpress” , o ano passado ou fim de 2012 ( não lembro agora); o que acontece é que no começo eu abria ele tranquilamente no meu note, já que era a versão e-pub, e gora eu tento abrir e aparece a mensagem que o arquivo ta corrompido. Justamente agora que estou fazendo o curso de tradutor profissional da “Cursoabierto”, e gostaria muito de voltar à leitura. O que faço??

  50. Barbara 12/08/2014 at 00:02 - Reply

    Oi, Fabio! Tenho 17 anos e no final do ano vou prestar vestibular para tradução. Você acha perda de tempo fazer letras na USP ou UNICAMP e depois ir para a tradução? Eu faço inglês fazem 3 anos mas ainda não conclui. Você acha que preciso terminar o curso ou não tem problema?

    • Fabio Said 12/08/2014 at 09:23 - Reply

      Oi Barbara, se você já fez 3 anos de inglês, deve estar perto de concluir o curso. Então invista a conclusão do curso de idioma e vá em frente com o vestibular de Letras. A USP eu sei que tem disciplinas que preparam o aluno para a atividade de tradutor (a UNICAMP eu não sei – dá uma olhada na grade de disciplinas ofertadas este ano). Assim, se você for boa no curso de idioma e conseguir uma boa base no inglês independentemente das disciplinas da faculdade (lembre-se que faculdade não ensina a ser fluente no idioma), você pode sair da graduação com um ótimo preparo para ser tradutora.
      E já que você só tem 17 anos, considero uma boa ideia você planejar tempo futuro para uma pós-graduação em Tradução – com disciplinas somente de tradução, sem a parte de linguística geral que é o núcleo da graduação em Letras. Esse seria um investimento de apenas 2 anos que pode solidificar sua formação profissão e incrementar seu currículo, aumentando suas chances no mercado de tradução entre clientes de alto nível.
      Boa sorte!

  51. Rosane Bujes 15/08/2014 at 22:05 - Reply

    olá Fábio,

    Tentei comprar seu livro guia do tradutor, mas sempre dá erro. No local, só me permite por telefone do Brasil e moro na Argentina. Tentei com numeros brasileiros e nao deu certo.
    Que podemos fazer?

    • Fabio Said 15/08/2014 at 22:29 - Reply

      Rosane, conforme eu expliquei na página informativa do livro, o Clube de Autores só entrega no Brasil. Deve ser por isso que está dando erro no cadastro. A opção seria comprar a versão capa dura no site lulu.com, que entrega no mundo todo (clique aqui).

  52. Petrova Anastasia 31/08/2014 at 02:38 - Reply

    Ola , bom dia . Meu nome é Anastasia Petrova Kirilovna , sou russa , filóloga , estou morando no Brasil , gostaria da ajuda do Sr.Fabio said , estou com um pouco de dificuldade em procurar e me informar sobre trabalho na minha área . Na graduação estudei inglês e alemão , russo como língua nativa e português ainda em construção =) . Qualqluer ajuda sera bem vinda . Obrigado . OBs: todos os brasileiros são muito atenciosos e hospitaleiros . =) Adoro isso no pais de voces .

Agora é com você: deixe um comentário!